Quando o serviço é ruim, não adianta servir nem caviar de ouro

O post de hoje vai ser ácido e seco. E não vou falar de vinho.

Fui almoçar no Geisha Hi Tech de Botafogo, no Rio, na sexta-feira. Ambiente cool, grande expectativas. Queria ir na esteira, que justifica o “hi tech” do nome, mas por força das companhias (várias, da empresa ainda), fui de “rodízio”.

Por um preço razoavelmente acessível (R$ 60 per capita) você tem direito a um mundo de promessas japonesas. As opções do “menu”, com algumas limitações, pareciam bem interessantes e o primeiro “carregamento” surpreendeu a todos. Sushi bem feito, com um pouco de criatividade, pratos elegantemente servidos, enfim… surpreendeu a todos.

Uma vez bem servido, você começa a esperar mais do lugar, então pedimos outra vez, pratos ainda mais diferentes pra acabar de vez com as dúvidas. Então, 30 minutos depois… fui obrigado a chamar a gerente, após ter pedido 2 vezes ao garçom, para ser atendido. Para o espanto de todos, ela me entregou um pequeno papel e um lápis e, gentilmente (não mesmo), me pediu para preencher meu pedido (obviamente esquecido na primeira vez e ignorado pelo confuso garçom nas vezes seguintes). O misto de insatisfação e revolta (exagero) na mesa foi abafado pela falta de tempo para esperarmos mais 30 minutos, então pedimos a sobremesa que veio…. razoável. Na verdade, o harumaki de banana que comi estava sofrível, mas as outras opções estavam bem gostosas para um “brinde”.

Agora é a hora que falo das notas e faço uma conclusão do lugar, mas nesse dia específico o restaurante japonês nos trouxe nossos pratos (após 45 minutos) depois da sobremesa. Inacreditável! Não sou especialista em costumes orientais, mas tenho firmeza ao afirmar que nunca foi tradição nas ilhas nipônicas servir a comida após a sobremesa. As pessoas, com a boa vontade de não contribuir com o desperdício, comeram a contra-gosto e comida, claro, teve o gosto estranho de um peixe cru após um mousse de chocolate.

Serviço, meus caros, serviço. Restaurante não é lugar de comida só. Se fosse assim, não sairia de casa. Simplesmente lamentável.

Notas:

Ambiente: 3,5/5
Serviço: 1/5
Pratos: 3,5/5
Sobremesa: 2,5/5

Nota Final: 5,3 – abaixo da linha de perdão.

 Preço: $$$$ e ½ / 5

Anúncios

Autor: hungrygoat

Chasing the perfect restaurant

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s