Hidden Gems: Yun Ton em Belo Horizonte

Sabe aqueles restaurantes que quase ninguém conhece, pouca gente sequer ouviu falar e todo mundo que foi adora?

Pois é, estou falando do Yun Ton em Belo Horizonte. O cinquentenário restaurante chinês, que fica na rua Santa Catarina, em Lourdes (esquina com Gonçalves Dias) e que é um ótimo exemplo de total falta de marketing 🙂

Eu conheço o restaurante há muito tempo, mas tinha uns quinze anos que não ia lá. Hoje, passando na porta na hora do almoço (a caminho do shopping, onde eu iria me deliciar com um saborosíssimo – estou sendo irônico – sanduíche do Marietta ou algo tão sem sabor quanto), decidi me arriscar e entrar.

Minha primeira sensação foi de medo, pois uma reforma bem na entrada do restaurante, após passar pela delicada fachada bem chinesa (old style), me deixou apreensivo. Graças a Deus (exagero), o salão principal estava totalmente conservado, com seus detalhes na parede e luminárias originais, é um ambiente autêntico, que não quer passar uma falsa impressão, mas passa: a comida é ainda muito melhor!

O menu é bem tradicional, com opções para todos os gostos e serve, JURO, três pessoas tranquilamente (estou falando de cada prato). O atendimento, até porque o restaurante estava vazio, foi acolhedor, cordial e – principalmente – ágil. Sério, vc pedia algo e a coisa aparecia na sua frente, desde o refrigerante até o prato principal, assim como a conta e etc. Ponto MEGA positivo, já que (pra falar mal de novo) o atendimento em BH só é bom em bares e raras exceções.

Para começar, esqueça o que você conhece de rolinho primavera. No Yun Ton eles são gigantes, como se fossem dotados de uma força própria e são crocantes como nuggets do Mc Donald’s em sua melhor forma. No almoço em comi um frango com molho xadrez e bambu. O frango e o molho estavam deliciosamente bem feitos, tinha anos que não comia um frango realmente gostoso, já que esta carne hoje em dia é sinônimo de tasteless food. O molho xadrez também estava fenomenal, não se sobrepôs ao frango nem ficou sem graça. E o bambu, você pergunta? Segue o link para vc, jovem curioso. Brincadeiras à parte, estava gostoso mesmo.

A única coisa que lamento é que o restaurante precisava ganhar mais cuidado, mais divulgação, mais vida. As coisas estão meio caídas por lá para um restaurante que é o melhor na sua difícil categoria na cidade. Mesmo sendo tradicional, todo mundo gosta de chegar num lugar com cara de legal, não só com a comida de legal.

NOT TO BE MISSED:

– os pratos servem de 2 a 3 pessoas, lembre-se disso ao pedir.
– o rolinho primavera é sensacional.

Notas:

Experiência (serviço+ambiente):     5 em 10
Comes e bebes (precisa explicar?):  8 em 10

Nota Média (idem):   6,5 em 10
Preço per capita: R$ 30 a 50 (comida) – carta de vinhos não avaliada

 

Anúncios

Autor: hungrygoat

Chasing the perfect restaurant

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s